Palavrasdesconexas’s Blog

Just another WordPress.com weblog

Momento musical

Meu Jardim

Vander Lee

Composição: Vander Lee

Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores
Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores
Refazendo minhas forças, minhas fontes, meus favores
Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores

Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho
Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho
Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho
Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho

Estou podando meu jardim
Estou cuidando bem de mim

agosto 22, 2010 Posted by | Uncategorized | 1 Comentário

Ainda sobre contos de fadas

NÃO TEM MEIO TERMO?

Sempre que vejo notícias sobre a Coroa Britânica.. me vem no fundo uma certa *pena*, um sentimento de solidariedade aos príncipes.. princesas e demais membros *coroados* do império britânico. (e de qualquer outro) Principes e princesas… seres humanos falíveis… criados… moldados para serem *perfeitos* Foram talhados para não terem erros.

Cobram deles não serem humanos… e quando acontece de algum deslize nessa máscara de *desumanidade*… OHHHH que heresia… são primeira página em todos os jornais .

O PRINCIPE pegou o mocreia… a princesa pulou a cerca e despencou nos braços.. sei lá.. do guarda costas.  Preço alto demais .  E o Lobo?

O Lobo é livre. Nasceu livre. Dele ninguém espera outro comportamento que não seja seguir seus instintos. AMORAL por natureza.. Livre da hipocrisia.. livre de cobranças sociais.. Sem máscaras… assume que não é perfeito e que não tem a menor pretensão de ser .. e não aceita rótulos que não lhe caibam.

Todos nós temos um pouco de príncipes (e princesas) e lobos (e lobas). O importante é saber em que proporções, e em que momento exibimos e deixamos fluir nossa dualidade.  Nem sei se vem ao caso… mas me lembra aquele célebre conceito

DAMA NA SOCIEDADE – PUTA NA CAMA.  Ou sua versão masculina CAVALHEIRO NA SOCIEDADE – CAFAJESTE NA CAMA.  (na cama, em cima da mesa, no tapete, debruçada no lavatório… e assim vai…..)

Gostoso conviver com a dualidade.. com a divisão… com a não obrigação de ser única sempre. Aceito meu lado… *princesa* (ou dama)… aceito meu lado *loba* (ou puta) E quem encontrar esse misto de principe e lobo… que levante a mão para o céu e agradeça.

agosto 22, 2010 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário