Palavrasdesconexas’s Blog

Just another WordPress.com weblog

Admiro a terra, quero-a, sempre gostei dela. Sempre me senti feliz por estar vivo: apesar da guerra, das más notícias, não sou capaz de matar em mim a simples alegria de viver.

Julien Green

(Julien Green (6 de setembro de 1900Paris, França – 13 de agosto de 1998, Paris, França), de nomeJulian Hartridge Green, escritor norte-americano de expressão francesa, escreveu livros religiosos de orientação católica)

(Eu ia escrever algo… mas é perfeitamente dispensável…É isso aí… nem eu nem ninguem consegue *matar em mim a simples alegria de viver*.

abril 25, 2010 - Posted by | mosaico de letras

1 Comentário »

  1. Eu nunca havia pensado dessa forma, hoje em dia a gente se sente até culpada quando está feliz… Aqui no Brasil ainda cultivamos a alegria pela alegria, mas sei de muitos lugares onde estar feliz é tido como uma “falta de noção”. Enfim, bom saber que alguém formulou isso tb🙂
    beijosssssssssssssss

    Comentário por ¥ nyssa ¥...ÅS | abril 27, 2010


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: