Palavrasdesconexas’s Blog

Just another WordPress.com weblog

DESPEDIDA

Meu caro estranho, nossa estranheza nos levou à cama

e seguimos nos desconhecendo

Não perguntei de onde vieram tuas cicatrizes

e não me perguntaste se eu já havia usado o cabelo mais curto.

Simplesmente nos beijamos e dispensamos todos os porquês

Fui uma mulher qualquer e fostes mais um homem

e se esse descompromisso não merece ser chamado de amor

ainda assim não carece ser desfeito e esquecido

Meu caro estranho,

mesmo nos amores não há nada muito além disso.

(Martha Medeiros)


março 29, 2010 - Posted by | Uncategorized

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: