Palavrasdesconexas’s Blog

Just another WordPress.com weblog

Cuidados básicos no universo virtual

Esse texto postei tempos atrás em uma lista em resposta a um tema. Mesmo estando afastada do SM e voltada mais pra minha vida *civil*… converso com algumas pessoas iniciantes e vejo como são inconsequentes e crédulas . Inconsequentes e crédulas como um dia também fui… mas por obra e graça de algum *anjo da guarda* consegui me safar sem danos…..rs

Bom… creio que meu *anjo da guarda* já andou pedindo transferencia faz tempo… mas não deve ter conseguido substituto.

O texto falava diretamente sobre os cuidados virtuais dentro de um conhecimento de parceiros SM, porém creio que em qualquer situação vale zelar pela privacidade e se resguardar… afinal.. nunca sabemos exatamente quem está *do outro lado* do monitor

 

 

Cuidados consigo:

 

1- Filtrar o que é fantasia e deve continuar sendo fantasia e o que pode ser realizado. Não *superfaturar* sua resistência, seja ela física ou emocional.

Na imaginação agüento até 1000 escovadas (essa meu ex Dono vai entender…RS) .. mas ali… na hora da onça beber água… na 20 já estou sambando na parede…

Na frente de um monitor tudo é perfeito… somos poderosas… . suportamos e temos prazer em práticas extremas…. porque estamos seguras… e fantasiar *não dói*.

Se não houver uma *triagem*… acabamos passando para o outro uma imagem equivocada.

Contos SM são uma delicia de se ler… mas pelamordedeus. .. a maioria é fruto de imaginação e não roteiro para ser realizado.

 

2- Não ir com sede ao pote. Como dizia minha avó… Quando a sede é muita qualquer água serve.

Observar muito….ler com atenção as mensagens subliminares que todos passam e que muitas vezes por desejo de realizar fantasias idealizamos uma situação perfeita e não damos a atenção devida quando o pisca alerta acende.  E, no entanto os sinais de perigo estão ali.

 

3- Manter sua vida *baunilha* (não me refiro a relacionamentos baunilha… e sim a vida diária) evitando de se perder o contato com a outra realidade… e com seus princípios. São poucos os casos de pessoas que podem e tem estrutura física, familiar e emocional para vivenciar apenas o SM.

 

4- Manter a auto estima nos píncaros. Não confundir viver a submissão com perder o amor próprio, aceitando qualquer coisa em nome de se sentir a VERDADEIRA  submissa. (Alguém me fala por favor… o que é ser A VERDADEIRA SUBMISSA??? )

 

 

Cuidados virtuais.

 

 

 

1- Não vá abrindo a vida como num confessionário. Gente… na vida real não é assim… porque de frente ao monitor nos tornamos tãooooooo transparentes?

Cautela e chicotes de sex shop não fazem mal a ninguém.

 

2- Não pergunte muito… não faça interrogatório. .. deixe que a conversa flua e as informações pipoquem naturalmente. Estranho? Não…

Quando se pergunta na dura mesmo… o interlocutor se arma… Normalmente temos respostas prontas para determinados assuntos.. quanto mais quem pretende ludibriar…

Deixe que falem…depois aborde os assuntos naturalmente. Nesse ponto é que começam acontecer as contradições.. . se houverem.

E chequem as informações… SEMPRE….local de trabalho…. residência… e outros que forem necessários.

 

3- Não prolongue demais o contato apenas virtual. A virtualidade dá uma impressão enganosa de confiança… cumplicidade. …Não significa ir direto para uma sessão…. mas o olho no olho num local movimentado em horário seguro…faz muito bem OBRIGADA….

 

4- Pelamordedeus. . segure os hormônios na frente do monitor… se não conseguir JOGUE A CAM PELA JANELA.

Não se exiba para quem não TEM TOTAL CONFIANÇA… com o risco de um belo dia se encontrar como artista de um curta metragem pornô erótico num youtube da vida..

Sabe aquela sua foto m a r a v i l h o s a de sessão… que aparece até seu lindo rostinho?? Deixe para exibir para os amigos de confiança…Um segredinho … PODE-SE CAPTURAR IMAGEM PELO MSN… RS

20050609104027g

 

Cuidados com o *outro*

 

1-  Repetindo;.. . conversar antes.. muito… mas muito.

Desvios de condutas não são tão fáceis esconder por muito tempo. Desde que se queira mesmo ver o que tem por traz das palavras.

 

2- Especular… procurar informações com pessoas de sua confiança.

Se o *DOM* se melindrar com isso… coloque uma *manada* de

pulgas atrás da orelha.

 

3- Mostrar CLARAMENTE que se preocupa com sua segurança… e que vai se resguardar.. . informando a alguém que vai ao encontro de um DESCONHECIDO intimo. Se não houver intenção escusa… a criatura vai achar perfeitamente normal… se reclamar… saia fora.

Se teve a precaução de encontrar a pessoa para o cafezinho não se esqueça de anotar a placa do carro…

Isso assusta a quem tem intenções dúbias.

 

Existem mil outras formulas já muito divulgadas.. . quis apenas dar uma colaboração dentro do que observo.

Isso serve tanto para os casos *normais* como para tentar evitar  psicopatas.. . com a agravante que os psicopatas normalmente têm uma inteligência acima da média… e um elevado poder de manipulação . Mas normalmente recuam se observam segurança na provável *vítima* . Não querem ter trabalho nem acabar sendo desmascarados.

*lorena*

 

 

 

Anúncios

janeiro 31, 2009 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

“O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio.”

Gibran Khalil Gibran

janeiro 30, 2009 Posted by | mosaico de letras | Deixe um comentário

37

janeiro 28, 2009 Posted by | falta de assunto dá nisso | Deixe um comentário

Pra não dizer que não falei de sexo.

 Dia desses um visitante incidental veio me questionar, bastante perplexo, dizendo que procurou…procurou e não encontrou nada de sexo nem de *sacanagem* (sic) no meu blog.

Deu vontade responder que eu era uma missionária pudica que pregava nas entrelinhas a castidade total… mas como estava num dia de baixo teor debochado.. disse simplesmente que não sentia necessidade de falar explícita e compulsivamente de sexo..exatamente por ser algo que considero natural e saudável.

Quando consegui despachar o inconveniente e curioso visitante fiquei pensando…. e conclui que tirando pela média .. de fato eu não sou mesmo muito *normal*.

Não tenho essa necessidade compulsiva de sexo… tipo estando sem companheiro… parceiro… (seja o nome que se de)…. acordar de manhã e……….

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii… eu querooo…!!!!.. socorro que estou na falta.

E toca a cair na balada pra tentar arrumar uma alma bondosa que alivie o calor da bacurinha..

Esses encontros assim me lembram uma frase que li nao sei onde.. e achei perfeita:
“Deitei  ao lado de um corpo e acordei a beira de um abismo”.. (“Meu Deus, o que estou fazendo nesta cama, ao lado desta pessoa?”  Que mulher nunca passou por isso ?… mea culpa… eu já)

Porque (aqui pra nós)… nesses casos o antes pode ser *ótimo*… o durante… *uii que maravilha*  mas o depois

A sensação do *depois* é um porre… a vontade que dá é que a criatura seja abduzida por ETs e que só reapareça desmemoriada uns 10 anos depois.

Mas tenham a certeza… que isso não significa que eu seja casta e pudica.. MUITO PELO CONTRÁRIO.. rs

Mas eu fico tranquilamente sem sexo… na boa.

Tesão pra mim tem .. cara.. pele… CI..CPF… resumindo.. tesão tem um endereço certo e destino NAO ignorado.

Pra mim sexo não é objetivo…é consequencia.

E começa antes muito antes do ato em si.

Começa no sorriso… no toque distraído… no jogo de sedução.

Começa na expectativa molhada ..no  ”quem sabe”… na possibilidade…na dúvida…

Começa no *se preparar*… no *se afinar*…Começa antes… muito antes da (risos) conjunção carnal.

Sexo pra mim pode estar desvinculado de *amor* mas nunca desvinculado de seletividade de pele… do crivo da expectativa…de sentir antes.. de querer não só*trepar*… mas querer com endereço certo..

É… estou meio *antiguinha*.. rs

 

*lorena*

bwtakeme68

janeiro 25, 2009 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

SOU UM ETERNO LABORATÓRIO, PESQUISANDO, EXPERIMENTANDO, ME LIVRANDO DAS AMARRAS.”
(David Bastos) (Não tenho referencias sobre o autor. quem tiver por favor me informe)

janeiro 25, 2009 Posted by | mosaico de letras | Deixe um comentário

Quando o amor vacila

   Se não valesse pela poesia toda, valeria por uma frase… apenas uma.. que guarda toda a beleza de uma cicatriz profunda.

“Eu amo tuas mãos mesmo que por causa delas eu não saiba mais o que fazer das minhas”

Quando o amor vacila

Eu te amo pelas tuas faltas,

pelo teu corpo marcado,

pelas tuas cicatrizes,

pelas tuas loucuras todas,

minha vida.

Eu amo as tuas mãos,

mesmo que por causa delas

eu não saiba mais o que fazer das minhas.

Amo teu jogo triste.

As tuas roupas sujas

é aqui em casa que eu lavo.

Eu amo a tua alegria.

Mesmo fora de si,

eu te amo pela tua essência.

Até pelo que você poderia ter sido,

se a maré das circunstâncias

não tivesse te banhado nas águas do equívoco.

Eu te amo nas horas infernais

e na vida sem tempo,

quando,sozinha,

bordo mais uma toalha
de fim de semana.

Eu te amo pelas crianças e futuras rugas.

Eu te amo pelas tuas ilusões perdidas

e pelos teus sonhos inúteis.

Amo teu sistema de vida e morte.

Eu te amo pelo que se repete

e que nunca é igual.

Eu te amo pelas tuas entradas,saídas e bandeiras.

Eu te amo desde os teus pés

até o que te escapa.

Eu te amo de alma para alma.

E mais que as palavras,

ainda que seja através delas

que eu me defenda,

quando digo que te amo

mais que o silêncio dos momentos difíceis,

quando o próprio amor

vacila.”

Poema interpretado por Bethania no show Maricotinha

janeiro 25, 2009 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Nada é mais repugnante do que a maioria, pois ela compõe-se de uns poucos antecessores enérgicos; velhacos que se acomodam; de fracos, que se assimilam, e da massa que vai atrás de rastros, sem nem de longe saber o que quer.

Johann Wolfgang von Goethe (28 de Agosto de 1749 em Frankfurt am Main – 22 de Março de 1832 em Weimar). Escritor, cientista e filósofo alemão

janeiro 21, 2009 Posted by | mosaico de letras | Deixe um comentário

Trilogia – Final

 

Não amo, nem de mais nem de menos

Esse equilibrio que me faz vivente

Nesse universo sob meu domínio

10206gerreira1

Amo! Com garra e com as garras afiadas

E se for preciso me firo, me lanho e me curo

E deixo sob  meus passos os expectros de meus sonhos

guerreira-5

janeiro 18, 2009 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Trilogia 2ª Parte –

RENUNCIA

Não amo nem de mais nem de menos

E esse equilíbrio sábio que me faz serena

e serenamente me aceito em deserção

sangue

E sigo amando, nem de mais nem de menos

Com a altivez de quem renega a fonte

que saciaria a sede, que amansaria a fronte

sedenta

janeiro 14, 2009 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Trilogia

ORGULHO

Não amo nem de mais nem de menos

E esse equilibrio atroz é que me mantem soberba

Na armadura dos medos e na coragem nua

imagem-12

Amo fugindo em meio as batalhas

Covarde que sorri com escárnio

e queima navios para não regressar

foto-2

*lorena*

janeiro 9, 2009 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários