Palavrasdesconexas’s Blog

Just another WordPress.com weblog

Caminhante não há caminho… (sobre escolhas)

“O máximo de liberdade que o ser humano pode almejar, é o direito de escolher a prisão na qual quer viver. Pode-se aceitar esta verdade com pessimismo ou otimismo, mas é impossível refuta-la. A liberdade é uma abstração.”

Quase todo dia em minhas navegadas, deparo com essa máxima (se alguem souber o autor.. por favor me informe que eu dou os créditos). E de tanto ler, fiquei pensando sobre nossas prisões por opção… (ou até por falta dela) e as que tentam nos impor.

Minha prisão opcional- meu trabalho… meus filhos….minha casa….minhas responsabilidades com algumas situações de vida.

O restante? LIBERDADE.

Muitas vezes se faz da vida uma prisão perpétua e reclusão total…nos mantendo situações que não nos são mais tão prazeirosas ou porque simplesmente .. o tempo é *finito*….por medo de romper, principalmente medo de romper com tantas verdades sedimentadas. E ter que se construir com novas verdades.

Porém:

Eu não sou minhas escolhas…. minhas escolhas é que são minhas.

Já fui militante de esquerda…. Valeu? Valeu muito. Foi prazeiroso… aprendi muito… inclusive a me disciplinar.   Mas não era minha prisão. E o dia que percebi que tinha vivido tudo que buscava… o dia que entendi que era o momento de levantar âncoras porque a vida me chamava a outros portos… simplesmente

ROMPI.

Não foi uma passagem tranquila. Não por mim… convicta que estava da decisão. Mas pelos *companheiros* que me rotularam de desertora… acusada de abandonar a *causa*….e ao título maior de *revolucionária*… rs (risos… creiam… eu era *boa* no que fazia… rs)  Infelizmente perdi alguns amigos… uns por distanciamento de compromissos e comprometimento… outros por não aceitarem e não respeitarem minha opção pessoal.Ficaram em minha vida.. os *amigos companheiros* que respeitaram meu desejo de partir.

Os demais? Eram apenas parceiros de atividades.

Mas a *causa* é nobre? Muito!

Os antigos companheiros eram (e são) valorosos lutadores? Muito… sempre

Mas o MEU tempo tinha acabado… a vida clamava por outros caminhos…E não tive medo de me despojar dos títulos pra recomeçar… com a alegria e o entusiasmo que é minha marca registrada. (sem falsa modéstia.rs)

Percebo que muitos precisam de *títulos* pra se situar na vida…talvez por falta de confiança no que realmente são. Precisam de rótulos para se entenderem e se apresentarem nas *prateleiras* da vida. Se perderem o título se perdem.. porque não sabem o que são… precisam olhar a etiqueta.

E se eu tiver que escolher um rótulo pra mim é LIBERTA… livre dentro da prisão que por escolha me submeti. E …pensando comigo… eu amo a prisão que escolhi e aceitei..e comemoro… conquistei o direito a cela especial e escolhi a melhor…a prisão sem cadeados nos desejos e vontades.

*lorena*  

Caminhante, são seus passos, o caminho e nada mais

Caminhante não há caminho, o caminho se faz ao caminhar.

61053191_6289ddcb36

Ao andar faz-se o caminho e ao olhar para traz

se ve a trilha que nunca mais se há de tornar a pisar 

Caminhante não há caminho

Apenas os rastros no mar

pes13

Antonio Machado nasceu na Sevilha, Espanha, em 1875. Fez parte da chamada “geração de 98”, juntament com Pío Baroja, Ramon del Valle Inclán, Jacinto Benavente e outros. Grande amigo de Rubén Darío, Unamuno, Juan Ramón Jimenez; em 1927, foi eleito para a Real Academia Espanhola. Com a vitória do franquismo, asilou-se na França, onde morreu em 1939, na cidade de Colliure.

 

 

novembro 15, 2008 - Posted by | Uncategorized

1 Comentário »

  1. Fico feliz em vê-la construir novo cantinho para seus pensamentos.ADOREIIIIII
    …PARABÉNS

    Comentário por Maga® | novembro 15, 2008


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: